23 de out de 2009

Divorciados sem Comunhão.

O saudoso Papa João Paulo II, escreveu claramente que as igrejas que estão unidas pela sucessão apostólica e eucarístia, estão em comunhão plena. Isto é uma luta de todos os cristãos no mundo todo.

Mas a alguns dias atrás uma pessoa veio me dizer- Padre eu sou divorciado legalmente ha 15 anos , me casei , refiz minha vida, estou em dia com Deus, mas me disseram que eu deveria não comungar, mas poderia participar de outras formas de comunhão.

Meus amigos, eu nunca fiz apologia ao divórcio, porém em primeiro lugar as pessoas costumam pegar textos isolados da bíblia. Jesus disse por causa da dureza de corações, daqueles que lhe questionaram o divorcio, pois se tratava de mulher repudiada. Ou seja na época a mulher não tinha valor algum , era vista de forma ate desumana, vejam varios profetas, reis foram casados com varias mulheres, era o costume da epoca. DEUS MUDOU???? Não , a humanidade e nos cristãos vivemos em tempos de organização e nos adequamos AS LEIS DO PAIS, tanto que em nossa diocese, nunca se realizou um casamento, sem a pessoa casar-se no civil, jamais, fariamos isto, ja realizamos inumeros casamentos com efeito civil , mas com todos os procedimentos legais.

Agora o assunto em pauta é se o divorciado pode ou não comungar? Meus amigos, chega de hipocrisia, JESUS não negou a comunhão nem a JUDAS ISCARIOTES, e JESUS foi claro quem NAO COMER DESTE PAO E NAO BEBER DESTE CALICE NAO TEM PARTE COMIGO.

Ou seja, se voce não participa da Eucaristia, da comunhão, Santa ceia para os protestantes, se voce não participa do CORPO E SANGUE DE CRISTO, que comunhão te resta?

Não conheço uma, jamais, se a pessoa não pode comungar, se morrer como fica?

O apostolo São Paulo foi fiel na instrução da Eucaristia, Examine-se o homem a si mesmo e assim como deste pão e beba deste calice.

Se a pessoa está em dia com Deus, em dia com a lei dos homens, ela deve se examinar, a COMUNHÃO, não e do padre, do pastor, do bispo, e do CRISTO, e o CRISTO presente.

Jamais eu negaria a comunhão a ninguém, jamais, o dia que fizer isto , deixaria o sacerdocio.

Outra hipocrisia de alguns e menosprezar as mães solteiras, etc... JESUS veio para salvar e não condenar.

Olha , eu poderia citar alguns famosos, que até cantam e falam em eventos religiosos, que ja casaram varias vezes, será que eles nao comungam?

Ou como um amigo jornalista me disse, alguns dão uma bençao ao inves de casar a pessoa.

Gente, acordem, o primeiro casamento foi feito por DEUS, não havia igreja, nem cartorio. DEUS UNIU O HOMEM E MULHER. Hoje em dia, cabe a nos religiosos cumprirmos a lei, com amor.

Digo isto com propriedade pois minha diocese, nunca em decadas, divulga que faz casamentos de divorciados, ou fora da igreja. Eu ja fiz inumeros casamentos em Sao Carlos,

Araraquara, fora da igreja, as vezes com varios padres assistindo e para Deus, se estão em dia com a lei, se quiserem casar na igreja, em chacara, não vem ao caso.

Eu submeto os noivos a uma longa entrevista, sim, para ter certeza do que estão fazendo.

Agora se alguém te mandar ficar longe do CORPO DE CRISTO, seja anatema. Porque o povo de DEUS, diz MARANATA. Ora vem
Senhor JESUS...