9 de jun de 2016

Por que eu, exorcista?

Ha um tempo atrás um jornalista, que participa de novenas, me questionou o seguinte:
Padre Damásio o senhor, é exorcista, mas raramente se vêem manifestações, gente gritando, caindo, uma amiga minha perguntou como o senhor faz o exorcismo sem estas coisas?
Esta pergunta me fez refletir, mas claro que na hora eu expliquei o que ele deveria dizer:
Diga o que você na igreja, pessoas curadas, pessoas libertadas que chegaram na Paróquia perturbadas e que até foram em grandes "exorcistas"(será), caiam, caiam e continuavam do jeito que estavam. Citei que EXORCISMO não significa uma manifestação de terror e medo, onde os espíritos maus tem força, quando na igreja quem tem poder é o Espírito Santo. Ou seja claro ficou que pela palavra e pela oração as pessoas são libertadas, mas que raramente alguém cai, ou manifestações de espíritos do mal, estes são afastados pelo EXORCISMO, sem delirios, histerias, mas pelo poder do Espirito Santo em nome de Jesus.
E é isto que acontece em meu ministério. Vou colocar alguns pontos porque realizo o exorcismo, mesmo sem medo, sem gritos do mal, tudo controlado pela força da oração.
Primeiro ponto: Jesus ordenou claramente que assim fizessem no evangelho. Basta ler Marcos 16:15,18 e vai entender que todo o sacerdote deveria estar preparado para exconjurar o mal, isto esta claro na BÍBLIA.
Segundo ponto: Todos os apóstolos e os demais depois, sempre libertaram as pessoas oprimidas, pelo mal, basta ler o livro de Atos dos Apostolos, todos exorcizavam.
Terceiro ponto: Embora eu seja devidamente credenciado por minha diocese, pois tive preparação longa para isto, o primeiro exorcismo eu realizei quando tinha 16 anos de idade. Isto mesmo, uma pessoa amarrada em cordas chegou em uma igreja, não estava o sacerdote, a família em desespero. Naquele momento orei a Deus e rapidamente cri, que poderia fazer aquilo e em alguns minutos a moça que 5 homens não seguravam ficou livre daquilo, para a glória de Deus. Depois disto eu poderia deixar de realizar o exorcismo? Jamais, pois embora tenha conhecimento de questões psicologicas, defendo a ciência sempre, mas sei que a luta do bem e do mal , sempre existiu.
Quarto ponto: Jesus ensinou o amor, pregou tudo de lindo e maravilhoso, o mesmo fizeram os apóstolos, mas quando tiveram pessoas perturbadas. Não foram belas palavras, nem poemas(ja vi gente tentando orientar pessoas que precisam de exorcismo com poemas, palavrinhas belas, mas sem nada de libertação)Jesus e os apóstolos, exorcizaram sempre. Ordenaram que o mal saisse. Eu admiro, gosto de livros de auto ajuda etc , mas alguém perturbado precisa de libertação.
Quinto ponto: Como padre exorcista, sempre tenho que esclarecer, que mesmo existindo até pessoas que fazem o mal, A MAIORIA das pessoas que tem espiritos maus, sempre pensa ou a família pensa que alguém fez um mal, muitas vezes isto realmente acontece, mas a MAIORIA , não foi por isto. Voltemos no tempo: Caim e Abel, não havia macumba na terra, nada disto, a inveja ja foi suficiente para que o mal tomasse Caim e matasse Abel.
Sexto ponto: A pessoa que vai em minhas missas e não falta, se liberta sempre, dou graças a Deus por isto. Porém lamento porque muitos passaram em lugares, onde até se cobrou para uma suposta libertação.Muitos prometem tudo, assustam a pessoa até com consultas espirituais(ATENÇÃO ISTO ACONTECE ATE EM IGREJAS NO BRASIL E NO MUNDO)  e por fim a pessoa fica pior, porém se a pessoa entrega sua vida no Altar, recebe o exorcismo, vai se libertar com certeza.
 Sétimo ponto: O exorcismo, manda embora o mal, olhe ao seu redor, encontramos até religiosos perturbados, isto ja ficou claro na bíblia, SAUL era um homem chamado por Deus, mas ao se afastar do temor divino, um espirito mau tomou conta dele. Por isto, tudo o que for d e mal, devemos repreender, exorcizar.
Oitavo ponto:
Respeito até quem não acredita nisto( EMBORA ISTO ESTEJA NA BÍBLIA) eu respeito e recomendo a pessoa buscar o que ela cre. Se a pessoa crer em Deus, na bíblia , ela vai entender que o poder de Deus é maior que o mal.
Nono ponto: Exorcizo sempre com o compromisso: a pessoa terá libertação se ouvir a palavra de Deus. Abandonar praticas negativas, enfim, buscar a Deus e ser uma benção.
Décimo ponto: Jesus quando ressuscitou , apareceu primeiro a uma mulher da qual havia retirado sete espiritos do mal. Isto quer dizer ninguém precisa ter vergonha se  o mal, entrou na vida ou na casa. Temos que lutar e mandar o mal embora e a pessoa vivera uma vida abençoada. Por isto eu já ouvi até religiosos criticando o exorcismo, pois bem, eu ja lancei este desafio. Estes que criticam, algum dia alguém ouviu um depoimento que alguém foi libertado por sua oração? Até de um vício como drogas?
De uma depressão? De alguma coisa? Não. Servem para gritar, blefar e enquanto isto nós fazemos o que Cristo mandou.
Deus te abençoe, não tenha medo do mal. Deus é maior. Todas as quartas feiras e todos os domingos em Bauru, as novenas e trezenas, com orações de libertação e exorcismo.
Paróquia do Bom Jesus Rua Cussy Junior 2-55.
Aviso importante: Jamais confundir exorcismo, com o que já ouvi por ai: Dormir no Espirito, repouso divino, cair no espirito. EU DESCONHEÇO TAIS PRATICAS NA BÍBLIA, embora respeite quem creia nisto.

Equipe Ministério de Comunicações/
Paz e bem em Cristo.