28 de out de 2010

Suposto Rodeio em Araraquara, uma volta a idade média.


Circulam pelos jornais e noticiários uma notícia que integrantes de uma faculdade organizaram durante os jogos regionais, nos dias 10 a 13 de outubro, um suposto crime contra a pessoa humana , denominado "O rodeio das Gordinhas"
 Este é um texto de varios jornais:

"
O 'rodeio de gordas', promovido por alunos do Campus de Assis (SP) da Unesp, ocorreu entre os dias 10 e 13, durante os jogos universitários, em Araraquara (SP). As agressões - consideradas uma "brincadeira" pelos organizadores - consistia em agarrar mulheres, de preferência obesas, e tentar simular um rodeio, ficando o maior tempo possível sobre a colega."

Meus queridos leitores, eu como sacerdote, até incentivo as pessoas a manterem o corpo físico em forma, isto é até bíblico, tive eu que em dado momento de minha vida, emagrecer, sim, quem me vê com os 79 kg que peso , já há mais de dez anos, não imagina que já pesei 15kg a mais, hoje em dia usando calça 40, até tenho orgulho de ter vencido isto, pois me trazia cansaço.


Agora discriminar alguém, por peso, idade, cor, religião, isto é voltar a idade média.
Isto deve ser punido com um rigor máximo da lei, se confirmado, pois realmente, seres humanos, não fariam isto.


Eu até aproveito este momento, para uma reflexão séria, sabe as vezes as pessoas pensam que nós sacerdotes, não devemos nos manifestar contra nada, que devemos apenas rezar, pregar, evangelizar, mas que não temos cabeça para pensar. Ora pois, como sacerdote , como comunicador em vários veículos de comunicação, eu sou contra atacar, pessoas, partidos políticos, religiões, mas sou CONTRA práticas que humilhem o ser humano. Ora pois, eu costumo manter a ordem, mesmo diante de multidões, seja em igreja, em estádios, ginásios, mas o ser humano que está em uma faculdade, o que se presume ser a elite brasileira do futuro, chegar ao ponto de sequer pensar isto. Daí você tem uma idéia, dos profissionais que teremos no futuro.


Outra coisa repugnante são os chamados trotes.
Meus amigos , quando cheguei para estudar, fui recebido por uma turma de veteranos que me deram boas vindas, fizeram uma homenagem a nós que ali estávamos, fizeram até  uma música de boas vindas.


Agora , isto de trote, é algo maldito, que tem que ser repugnado,imediatamente, repelido do país, em qualquer órgão.
Vejam vocês, se muitos passaram por isto no passado, cabe a eles darem a lição maior, que repudiam isto e que não vão dar continuidade a esta prática nociva .
Nós temos casos de mortes, alcoolismo, pessoas traumatizadas em trotes e até hoje não teve uma lei de fato, que proíba qualquer trote.
Se deixar algum tipo de trote liberado, logo vai aparecer alguém do mal, querendo fazer humilhações.
Que estímulo a pessoa vai ter para se formar e ser alguém na vida/


Repudio qualquer trote, tenho imenso amor aos úniversitários do Brasil, nunca me neguei a prestar ajuda, até em estudos.


Mas sinceramente, vamos pensar nisto com muita firmeza.


Estava eu andando de carro em uma cidade, o padre que estava ao meu lado estranhou e disse : padre Damásio o senhor que é tão bondoso, não vai dar uma moeda a estes calouros? Eu disse que não dou uma moeda, não por desprezo aos que ali estão, mas para não incentivar o trote.
Isto é algo repugnante, humilhante, que não cabe na consciência de nenhum cristão, ou mesmo não cristão, um ser humano, em pleno século XXI , pode até discordar de alguém, mas não submeter ninguém a estas brincadeiras de mau gosto, que repito, já terminaram em tragédias, mortes.

Elevo uma prece aos professores e aos alunos que realmente vão a escolas, universidades, faculdades, para de fato,buscar conhecimento.

Minha solidariedade a quem passou por isto, mas Deus é maior.




Paz e bem
+Pe Damásio.